Aula 10 – Trunqueiro

Tronqueira: Esteios de madeira, ligados por arame (liso ou farpado), de construção simples e artesanal, utilizado em lugar das porteiras.
As tronqueira são utilizadas como continuação da cerca, porém, nesta parte, os esteios não são fincados ao solo, permitindo sua abertura e fechamento sem necessidade de remendos.
Nome que costumeiramente tratamos aqui no terreiro é trunqueiro, mas o nome pesquisado em outras fontes denomina de tronqueira.
O termo dado acima se refere à definição literária. Mas o que existe de similaridade entre o que é uma tronqueira (cerca móvel) e a tronqueira de terreiro?
O tronqueiro, como costumamos chamar, também se trata de uma passagem flexível, que permite a abertura e fechamento sem prejudicar o funcionamento normal da corrente.
Tem a função de porteira de passagem sem que haja a necessidade de descaracterização de espaço cercado por uma passagem aparente, mas com esteios móveis que na verdade não tocam o chão.
A tronqueira é um recurso maravilhoso, colocado pelo astral em prol dos templos de Umbanda, que recebem os assistidos, na sua grande maioria, com seres trevosos à atormentá-los.
Este recurso é no templo, um ponto de força, onde está firmado (ativado) o poder dos Exus que militam em dimensões a nossa esquerda.
O ponto de força funciona como um para-raios, é um portal que impede as forças hostis se servirem do ambiente religioso de forma deturpada.
No astral, os exús e Pombagiras, utilizam-se dos elementos dispostos na tronqueira para beneficiar os trabalhos que são realizados dentro do templo.
Com estes elementos, estes abnegados servidores da luz, anulam forças negativas, recolhem e encaminham seres trevosos, abrem caminhos, protegem, etc..

Dentro de uma tronqueira, são dispostos vários elementos magísticos que são utilizados por guardiões de Lei.
Citaremos alguns mais simples, as firmezas deste ponto de força são velados e eles pedem que não se abram mistérios, mas que se faça os devidos esclarecimentos sobre o assunto, dando ênfase a importância ao aprendizado elevado.

– Os tridentes dentro da tronqueira representam os poderes tripolares, onde através das energias emanadas por eles, os guardiões, diluem forças trevosas, envolvem seres para o resgate ou para aprisioná-los, forma um campo energo-magnético capaz de repelir ou atrair determinadas forças ou seres.
– Pedras negras ou vermelhas, formam portais dimensionais, ligados ao embaixo e as dimensões a esquerda, dando condições aos guardiões transitarem nestas esferas de forma resguardada e eficaz.
Através das pedras se dá também tratamentos para várias finalidades, onde o elemento dá a sustentação para que o Exu possa atuar nas vibrações mais densas do ser.
As pedras criam áreas específicas de energia, capazes de envolver tudo o que fora mentalizado pelo sacerdote que possui a guarda do templo.
– Sementes ou ervas, da mesma forma que os outros elementos, eles entram em campos específicos, onde as energias das pedras, do tridente, do marafo, da vela, da ferradura, dos punhais, não entram.
– Os punhais, emitem energias perfurantes, cortantes, dilacerantes, onde se utiliza para frear forças negativas provenientes do embaixo.
– Marafo é o elemento dual, onde trás a união de dois elementos contrários, a água e o fogo, é um dos elementos mais utilizados, onde podemos com ele abrir portais e fechar aberturas de buracos negros.
Todos os trabalhos onde oferendamos os Exus, este elemento é utilizado para fazer o fechamento com um círculo, ou a abertura.
Um copo deste elemento na tronqueira, funciona entre outras coisas como catalisador, filtro, condutor, amalgamado, etc..

Que os senhores Exus e Pombagiras, através da Lei maior e da Justiça Divina, possam limpar nossa religião dos falsos Umbandistas, dando um ar de limpeza a esta que deveria ser um exemplo de religião no mundo. Pena que os encarnados ainda não descobriram.

Todos temos luz e trevas dentro de nós. O que nos define é o lado com o qual escolhemos agir.

Clique aqui e baixe a aula em arquivo: 10º Aula – Trunqueiro

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s